Archive for the ‘Minha Vida / Meu Casamento’ Category

Buenos Aires – Argentina

sexta-feira, março 6th, 2015
Gente, sabe aquele lugar do mundo que não é a nossa casa mas teria tudo pra ser? É o que acontece comigo em Buenos Aires… #amodepaixão

 

Alguma de vocês já pensaram em passar a lua de mel por lá? Ou, simplesmente, fazer uma viagem a dois por aquelas bandas!?!? Não??? Então se acomoda na cadeira que vou contar um pouquinho do meu romance com esta cidade e quem sabe, você não se anima (convence o noivo) a passar o próximo feriadão por la! ;oP
Tudo começou antes mesmo de eu nascer… meu pai é argentino :o) Mas mora aqui no Brasil há quase 40 anos e hoje é mais brasileiro do que muitos de nós rsrs, de amar dormir em rede…

 

Não quero justificar minha paixão por meros laços de sangue, mas pelo menos fica fácil entender minha taradice por alfajores e doces de leite desde sempre.

 

Já que começamos falando em comida, aos amantes da gastronomia, Argentina é mesmo um deleite. Principalmente aos carnívoros. Lá você consegue pedir com precisão o ponto preferido de sua carne (e acredite, lá, existem 5!): Mal passada, ao ponto para mal passada, ao ponto, ao ponto para bem passada, bem passada.

 

Para quem é fã de doce, melhor lugar no mundo não há! Especialmente você que acredita que um ambiente charmoso e acolhedor deixa qualquer broune com doce de leite ainda mais gostoso. É incrível a quantidade de cafezinhos por esquina! Fico louca!!! Um mais convidativo do que o outro… e se não tem café, tem uma padaria com todos aqueles folhados “facturas” a mostra pra te dar água na boca.

 

O alfajor de maizena é sempre minha comprinha obrigatória quando passo pela frente destes “lugares da perdição”. Minha busca pelo segundo alfajor perfeito é incessante porque o meu preferido “para levar” é um artesanal que já vem num pacotinho de plástico (não é o cachafaz!!!) de uma loja que sempre me esqueço o nome, mas que é inconfundível, que fica na Calle Florida. Ela tem um montes daquelas plaquinhas de ferro coloridas, bem típicas, cheias de frases divertidas presas na parede até o teto. O dono é um senhor gordinho simpático que não vende nenhum dos quadros nem a pau!!! hahaha

 

Buenos_Aires_-_Retiro_-_Calle_Florida

 

Mas não é somente pelo estômago que nosso vizinho nos fisga, o charme e glamour também fazem parte do pacote. Apesar de nos dias de hoje, notarmos que o país está sofrido (economicamente), que o luxo realmente vem de outros tempos, estes outros tempos valem muito a pena serem visitados.

 

Ícone vivo desta era é o Hotel Alvear. Ahhhhh, sonho de consumo e sempre minha esperança em ser minha próxima hospedagem, hehe. Bom, para quem prefere economizar um pouquinho no hotel, mas ama aquela vibe de requinte, vale muitíssimo a pena tomar um café nos “Salones del Piano Nobile” (Dentro do Hyatt, Calle Alvear, 1661).

 

 Nova Imagem
Sobre hospedagem há obviamente opções para todos bolsos (gostos). Durante minhas idas já fiquei no Centro (onde papai gosta de ficar), em Pallermo (onde gosto de ficar) e na Recoleta (onde meu marido ama ficar). E confesso que cada um desses lugares tem suas facilidades, digamos assim.

 

Meu pai sempre que vai, acha que o Centro é o melhor por ser central! hahaha, perto de tudo e fácil de chegar a qualquer lugar . Eu, particularmente, não gosto do clima noturno da região, que por ser uma área muito comercial, fica muito deserto.

 

Palermo é definitivamente para quem tem aura/alma de artista. É super jovem, cheia de lojas descoladas, ateliês de designers, restaurantes bacaninhas… O último táxi que peguei disse que há 5 Palermos, eu, só conhecia 3 ( Palermo Soho, Palermo Viejo e Palermo Hollywood)… ou seja, é bem grande mas a parte que acho mais divertida é o “miolinho” da Plaza Serrano, onde acontece a Feirinha de Palermo Soho que também amo.

 

Tango, Palermo Soho

 

Agora, meu marido e eu concordamos que o Hotel que nos hospedamos agora neste carnaval (18/02/2015 a 23/02/2015), Hotel Splendor Plaza Francia, para nossas atuais circunstâncias (com filho de 2 anos e 7 meses) possuía a localização perfeita. Apesar de ser 4 estrelas, achei que ficou um pouco a desejar quanto ao café da manhã (pouca variedade e dos dois únicos pratos quentes – salsicha e ovo – faltou os dois durantes dois dias). Mas era incrivelmente bem localizado.  Ao lado do Museu Belas Artes e a 5 minutos do Buenos Aires Design (aquele shopping que fica o Hard Rock Cafe), estávamos muito perto do Puerto Madero e somente a duas quadras do lindo (e super chic) Shopping Pátio Bullrich.

 

Para quem já tem filhos, duas atrações IMPERDÍVEIS são o Museo de Los Niños ( Shopping Abasto) – Nícolas ficou ensandecido!!! Amou loucamente dirigir os carrinhos grandes de madeira feitos sob medida para ele, fazer compras no supermercado gigante e brincar nos milhares de brinquedos educativos, mas super divertidos do lugar. E o Prohibdo No Tocar (museu de ciência interativo) – também na Recoleta, ao lado ao cemitério. Este aconselho para crianças maiores, a partir dos 4 anos, assim como o Planetário.

]

Museo de los niños
Museo de los niños

 

Voltando ao tema comida, nosso restaurante preferido na capital Porteña, é o La Cabrera. Excelente custo e melhor ainda benefício hahahha. A carne é um espetáculo, o atendimento é sempre muito agradável e a idéia de ter os acompanhamentos pequenininhos para você experimentar de tudo, é fantástico. Ah, as empanadas que eles possuem para entrada para mim são uma das melhores!!! Fica em Palermo e há 3 unidades dele.

 

Após este almoço aconselho fazer a digestão caminhando até a Freddo da Plaza Serrano ou a Nucha que fica no caminho… Muy Bueno!!! :oP

La Cabrera
45664848_388287dcca

 

No mais, acho que vocês devem relevar algum pedido para guardar a bolsa num escaninho ou, para mostrá-la na saída de alguma loja grande. Antigamente faziam mais isso… e também ignorar alguma eventual rispidez.

De resto, acho que uma visitinha a capital da Argentina é sempre prazerosa e não estranhe, ou até acompanhe (é divertido!) bater palmas à tripulação quando o avião (cheio de argentinos) aterrissar no destino.

 

Pegar o buquê, quem acredita?

terça-feira, fevereiro 17th, 2015
Há algumas semanas perguntei no insta (@dcantidio) se alguém acreditava naquela história de “pegar o buquê” e me surpreendi com os vários relatos das noivas…

Nova Imagem
Eu, sou uma das que acreditam… Comigo, por exemplo, aconteceu de, no primeiro casamento que fui com meu marido, então namorado, o buquê veio para nas minhas mãos! kkkkk
Foi engraçado, foi na festa de casamento do cunhado de minha irmã, Thiago – irmão caçula de Luciano, seu esposo. Na hora do buquê, Carol, a noiva foi para o centro do salão da Casa de Recepções da Usina Dois Irmãos, em Recife e se preparou se posicionando de costas para todos.
As solteiras de plantão se posicionaram logo atrás e eu, notando toda aquela arrumação, não quis parecer desesperada hahahah, então não saí muito de perto de onde estava, mas andei uns 3 metros para a direita, me posicionando numa linha reta da noiva, porém há uns 12 metros de distância e três mesas com várias famílias entre nós.
Sem muita esperança, mas atenta ao momento, não é que o danadinho veio direto por cima de mim! huahuahua
Estava no começo do namoro, mas no momento senti que era um sinal… e vocês? Aconteceu isso?

10277822_698501436882498_7508815199381270201_n

Natalia + Rafael_1286

171

Diana Cantidio na Rádio Bastidores

terça-feira, janeiro 20th, 2015

radio

Olá Noivinhas!

Concedi uma entrevista muito bacana para a Rádio Bastidores que foi ao ar há uns meses, esqueci de publicar aqui antes, vocês acreditam!?!? Nem eu! kkk

Contei um pouquinho da minha história, como surgiram as minhas primeiras grinaldas, como tudo aconteceu… Bem interessante! Acho que dá pra pegar um pouco da vibe da D.Cantidio através dela ;oP  Pra acessar o bate papo na íntegra basta clicar aqui! Mas antes deixa eu apresentar um pouquinho esta empresa a vocês!

A Radio Bastidores surgiu de uma idéia da TOP fotógrafa carioca Patricia Figueira e do seu companheiro Vinícios Manhaes em contar ao grande público quem são os profissionais que estão atrás do CASAMENTO de todas nós. Suas vivências, suas experiências, suas dicas profissionais às noivas, pois a maioria das contratantes desta galera não faz idéia de como estas pessoas chegaram lá, porque receberam notoriedade! Então é uma boa oportunidade de conhecer pelas próprias palavras dos entrevistados quem eles são. Imperdível! Por esta dupla, já foram entrevistados: Emannuelle Junqueira (estilista criadora do estilo retrô-romântico), Roberto Cohen (cerimonialista das celebridades), The King Cake, entre outros. Se ficou curiosa para ouvir as que já aconteceram e as que estão por vir, basta baixar o aplicativo da Radio Bastidores.

Para quem tem iphone  clique aqui!

Fomos divulgados também no FacebookTwitter, PinterestInstagramYou TubeVimeo e no SoundCloud.

A grande novidade desta história toda é o formato Pod cast em que eles viabilizaram estas conversas. Desta forma você consegue ouvi-las no trânsito, cozinhando ou até tomando banho!!! kkkk Pra quem não gosta de perder tempo, sacou?

De malas (e caixas) prontas para São Paulo, de vez!!!

quarta-feira, junho 11th, 2014

at

Sabe aquele mix de saudade e excitação? Pois é o que tenho sentido esses dias.

Me mudar para São Paulo é um sonho desde que morava em Recife…

Tudo começou com o concurso de Thiago e nossa vinda a Brasília durante seu período de formação em 2010 e desde então meu carinho por esta cidade meio alaranjada foi aumentando à medida que conhecia suas particularidades e seus pores do sol.

No início, abri um espaço somente para Produção no SIG (Setor de Indústrias Gráficas), enquanto abastecia a loja de Recife a distância- que continua firme e forte até hoje.

Com o passar do tempo, notei a necessidade de ter um cantinho para atender às noivas do DF e montei a loja/atelier no Sudoeste, pertinho de casa.

E quando a loja brasiliense está de vento em popa eis que surge, com a inauguração da Loja de São Paulo, a oportunidade de transferência do marido… Pulei de alegria! Mais um sonho se tornando realidade!!! Maaaaas, um pedacinho dentro de mim ficou ligeiramente melancólico, pois meus laços por esta cidade durante esses quatro anos se estreitaram de certa forma que abandoná-la assim de repente, mesmo que por uma paixão antiga, me deixou reflexiva.

Não quero ofuscar minha felicidade com palavras de adeus, até porque estarei vindo sempre, mas quero registrar aqui todo o carinho que evoluiu por esta Capital e seus habitantes.

Apesar de ter fama de retraídos, seus moradores me foram muito gentis e sentirei bastante saudades das mães da pracinha e seus pimpolhos. 

Minha profe. do Pilates, Rose, minha parceira de editoriais, Aline Spezia e a Lú, amiga querida que gerencia a Ideasposa daqui também me farão falta…

Terei algumas missões pela frente como conhecer outra padaria favorita – sei que não será tarefa difícil em São Paulo, mas Samantilha e Delícia de queijo igual a da Delícia do Lago Sul é outra história – e descobrir onde fica a B’rouné que hoje possui meu docinho preferido com café (seu tal brownie tradicional).

Tenho certeza que morrerei de saudades de seu trânsito, de suas ruas perfeitas e de sua tranquilidade, mas abrirei mão desse luxo pelas oportunidades que espero encontrar na cidade que nada falta (a não ser os três itens acima hehe).

Terei inúmeras lembranças felizes desses quatro anos. Vim noiva, apreciei seu friozinho noturno, montei meu apertamentinho :oP – apesar de ter outros parâmetros de moradia – se é que você me entende. Me acabei nos croissants e petit fours do Daniel Briand. Nem seu clima seco me incomodou, pelo contrário, foi um super aliado contra minhas alergias a mofo e minha super oleosidade de pele e cabelo – males que me acometiam terrivelmente em Recife.

E, foi aqui, no Santa Lúcia, que veio ao mundo meu maior bem, o Nícolas, que carregará para todo o sempre seu nome em seus documentos.

Não entrarei no mérito dos políticos, porque é um tema que não me apetece, só me revolta, mas como nem tudo é perfeito…

Não quero terminar este texto sem antes agradecer a todas as noivas brasilienses e goianas, sim, goianas(!) que passearam por nossa loja e optaram por usar um acessório D.Cantidio no cabelo em seu grande dia. E é por elas que voltarei com frequência.

Antes que alguém comece a ficar aflita, a loja de Brasília continuará funcionando normal, no mesmo endereço, e as noivinhas seguirão sendo atendidas pelo meu braço direito, sua Gerente, Yamara.

Mas quero concluir esta declaração de amor, oferecendo meu restinho de tempo aqui para receber as noivinhas que desejarem ser atendidas por mim. Para tanto basta ligar e marcar entre sexta (13/06) a tarde e sábado (14/06) pela manhã sua horinha.

É isso Meninas, beijo grande e nos encontramos em São Paulo!!!

Diana Cantídio

LOJA BRASÍLIA
Endereço
CLSW 301 – Bloco C – Shopping Dakota
Loja 126 – Sudoeste
Fone: 61.3341.2076
E.Mail: dcantidiobsb@gmail.com
Seg. a sex.: das 9:00 hs às 18:00 hs.
Sábados: das 9:00 hs às 13:00 hs.
**Atendimentos com hora marcada**

2012

2013

**Retrô 2013**

terça-feira, dezembro 31st, 2013

20131231-160146.jpg

Há quatro dias foi meu aniversário (28/12) e passei do jeito que amo, com as pessoas que mais amo. Foi AmAzInG!!!

Aproveitei estes dias, uma semaninha, para relaxar um pouco – apesar do tumulto e agitação que sempre é todo mundo reunido hehe – e fazer uma retrospectiva,  refletir sobre o ano que vai e planejar o a ano que vem. Adoro essa sensação de renovação do final de ano.

Quem nos acompanha há anos, sabe que é meu costume falar sobre isso no último post do ano… :oD …e nesse não podia ser diferente. Até porque este ano que ainda estamos foi muito bom!

2013 foi tão incrível, mas tão incrível que na hora de soprar a velinha do bolo eu não conseguia pensar em nenhum desejo e somente agradecer aos céus por tudo. Agradecer por todos estarem ali ao meu lado cantando os parabéns, na varanda do lindo apartamento de minha irmã, ao lado de meu filho super saudável que estava eufórico com a agitação do momento e não parava de sorrir e bater palminhas, com a saúde de minha família, com as conquistas da D.Cantidio… Nossa, só tenho mesmo a agradecer!!!

E com a D.Cantídio é que tenho que agradecer mesmo. Este ano conseguimos realizar o sonho de ter uma loja em São Paulo (apesar de ainda não tê-la inaugurado, está pronta e linda!), de triplicar o números de representantes no país, de termos saído em duas novelas da rede Globo (Sangue Bom e Amor à Vida), de ter saído em várias revistas (inclusive na capa de algumas delas :-D), de ter dado até palestra(!). De ter conhecido muitos profissionais bacanas e muuuuuitas noivinhas encantadoras por esse Brasil afora. Nossa, foram tantas coisas legais que esses 365 passaram voando…

Só queria compartilhar com vocês minha alegria, minha gratidão e desejar a todas as famílias do mundo um 2014 super fantástico! hahaha

Abraço Forte e Beijo estalado na bochecha para começarmos este Novo Ano já transmitindo muito Amor!!!

:o*

Primeiro Aniversário de Nico

quarta-feira, agosto 28th, 2013

Nicolas Cantídio Galvão

Bolo de Brigadeiro Donna Brigadeiro

parede do bolo

gelatinas de bichinhos

lembrancinhas de latinha

macaco quer banana?

minhoquinhas de bem casado cybelle monte

Ursinhos de chocolate Lana Bandeira

varal de fotos

#1anodenico

biscoitinhos de bichinhos homemade

Centrinho das mesas dos convidados

Experimentando os choclates de Lana Bandeira

Nicolas Cantidio Montes Galvão 1 ano

Nícolas e seus papais

Papando...

se hidratando

vasinho das mesas dos convivas

Quem segue meu instagram pessoal (@dianacantidio) há + ou – um mês acompanhou como estava e quem esteve na festinha de um ano do Nícolas. Nico para todas nós ;-)

O tema foi Os Bichos e foi o máximo! Rsrs Não teria conseguido fazer metade sem a ajuda de minha co-cunhada Érica Costa Carvalho, dona da Srta. Papel (Recife/PE). Super prendada e criativa, pensou em tudo!

Nico com os titios

Como o Nico ainda não tem amiguinhos da idade dele em Recife (todos ficaram em Brasília, na pracinha) preferi servir um rodízio de crepes que sempre agrada bastante aos adultos.

O convidado de honra da festa foi o Felipe. Sobrinho da minha amiga de infância e também profissional do ramo casamenteiro, Rafaella Torres. Fotógrafa, foi a autora das lindas imagens que ilustram este post.

Nícolas e seu convidado especial

Sei que somente já, já, vocês entrarão nessa vibe infantil, digamos assim. Mas como muitas acompanharam a minha fase noiva, recém-casada e grávida, nada mais justo do que participar também, nem que seja vendo as fotinhos, da festa de 1 ano deste tesourinho.

Alguns dos fornecedores da festinha, são de casamento. E foram descobertos através do instagram. Principalmente do da @dcantidio (segue, gente! :oP).
Como foi o caso da Cybelle Monte responsável pelos Cupcakes e outros docinhos… Eu ❤ o Insta! Kkkk

Olha Os Cantídio aí gentem!

O resultado foi uma festa simples, pois foi organizada a distância, mas cheia de familiares e amigos queridos que se esforçaram para estar presente nesta data tão significativa para uma mãe. Então segue um agradecimento especial a minha irmãzinha Geninha que mora em São Paulo e a meus tios e pai (e irmãos) que vieram de Natal somente para o evento. Love You All!

Eita linguinha linda, meu deus!

Festinha realizada no dia 14 de julho de 2013 em Recife-PE
Fotos: Rafaella Torres
Chocolates (pirulitos e ursinhos): Lana Bandeira
Bolo de Brigadeiro: Donna Brigadeiro
Beijinhos em forma de ursinho e lousa: Mariana Parini
Cupcakes de porquinho e minhoquinha de bem-casado: Cybelle Monte
Eco-bags, latinhas, lancheirinhas, papelaria, guardanapos e fitas personalizadas: Srta.Papel
Bexigas: Mamãe do Nícolas
Nome e bichinhos em feltro: Marie Fatinha
Vasinhos da mesa: comprados no Extra
Crepes Triunfo
DJ: Ipig

Nico e El Tata

Filhos, já pensou nisso!?

terça-feira, agosto 6th, 2013

Nicolas Cantidio Montes Galvão 1 ano

Quem pensa em engravidar logo depois de casar, levanta o dedo!!!

Eu fui uma das que esperou longos 4 meses após o casório para “liberar” achando que, como muitos casais, dentro de alguns meses vislumbraríamos um resultado positivo… Maaaaaaaas, pimba! Descubri que se eu tiver numa piscina e um casal estiver namorando, engravido hahaha! Sortuda para uns mas, para outros, muito cedo! :-O

Em julho meu bebê, que já está com carinha de menino, fez 1 aninho de vida. Realmente parece que foi ontem. Todo querendo ficar independente e cheio de vontades rsrs Um furacãozinho!

É serviço? É. É uma mão-de-obra fenomenal. Você tem que ter todo um esquema planejado de mantimentos, entretenimento e estoque de sono acumulado porque você não lembrará nunca mais do que se trata acordar na hora do almoço. Hora do almoço!? Rá. Quem dormir uma noite inteira ganha um doce!

E qual é a parte disso tudo que faz com que eu não me arrependa at all!? Tem algumas… Lá vai:

- quando ele está mamando e você pensa que será sempre capaz de protegê-lo;
- quando ele dorme nos seus braços;
- quando você o aperta tentando transformar todo seu amor em carinho;
- quando ele gargalha com suas brincadeiras;
- quando ele gargalha com as brincadeiras dos outros;
- quando você ouve seus gritinhos de alegria;
- quando você vê suas conquistas ( ficar de pé sozinho, descer da cama… )
- quando ele fica quietinho assistindo dvd de perninhas cruzadas;
- quando ele acorda de bom-humor;
- quando você transforma o mau-humor dele em bom-humor;
- quando ele sorri pra você;
- quando ele está brincando;
- quando ele come tudo;
- quando ele faz “não” com a cabeça mas acha que é “sim”;
- quando ele chama mãmãmã;
- quando ele chama pápápá (depois de mãmãmã);
- quando ele chama bobó (vovó), aou (tchau), ena (Lena)…
- quando você o re-encontra depois de um dia longe;
- quando ele está bem…

É isso, ele não precisa fazer nada. Quando estamos ele, meu marido e eu, este momento vira meu TUDO, são minha alegria-mor, completam minha existência, faz com que todo o resto diminua de valor…

Ai você me pergunta, quando será que é a melhor hora de se ter um filho!?
Eu respondo: Quando vocês quiserem! Isso é que é importante ;-)

Foto: Nícolas Cantidio (Recife, 14/07/2013) por Rafaella Torres

Uma História de Amor

quarta-feira, junho 12th, 2013

thiago e eu2

Já contei aqui como fui pedida em casamento, como foi o próprio, como foi o nascimento de Nícolas, Minhas Bodas de Papel e Algodão, mas nunca havia contado minha história com Thiago, meu marido. E aproveito hoje, dia 12 de junho de 2013, para estreá-la! Lá Vai:

Thiago e eu nos conhecemos na faculdade, nós dois fizemos Design. Na época, Desenho Industrial – Projeto de Produto na UFPE.

A primeira vez que o vi, foi lá, mas tinha certeza que já o conhecia de antes, então, sem nenhuma “segunda intenção” (juro!) abordei-o:

- Te conheço de algum lugar… Você estudou no GEO?

Ele: – Não. (Simpático todo!)

Eu: -Onde você estudou?

Ele: – No Contato.

Eu: -Contato!?? …puxando pela memória…

Ele: – Minha vida toda.

Eu, nem mais tão confiante na minha memória visual, perguntei sobre mais dois cursos que havia feito e nada. Super sem graça, saí de fininho e queria nunca mais me encontrar com aquele menino na vida!. Rs. Mas que eu poderia jurar que aquele rosto me era famíliar, poderia!

Algumas semana depois, era início de semestre, e durante uma aula qualquer uma amiga muito querida me ouve falando do colégio que estudei e me diz que naquela cadeira havia mais um menino deste mesmo colégio, mas que no dia havia faltado.

Na semana seguinte, ela me apresenta o bendito que me havia dito ter estudado “a vida toda” no Contato! Ah!!!!! Enigma de meu subconsciente resolvido! Hahaha Realmente estudamos no mesmo colégio durante o primário. Eu sabia!

Depois disso ficamos amigos. Aliás, eu sempre muito expansiva e ele tímido, foi um pouco difícil no início uma simples conversa, mas à medida que fomos pagando cadeira junto e ele fazendo meus projetos… Hahaha. Calma, meninas, era só quando eu viajava e ele ficava com medo que eu reprovasse rsrs

Mas era só amizade mesmo, até porque eu tinha namorado na época que amava demais. Mas esse namoro foi não dando certo, incompatibilidade de gênios total e após várias idas e vindas, decidimos dar um basta e comecei a namorar com Thiago. Nessa época descobri que ele já gostava de mim há três anos…

Achei que não duraria muito, gostávamos de conversar, nos dávamos bem, mas sei lá… Só sei que o tempo foi passando e eu fui descobrindo o quão maravilhoso Thiago é. Atencioso, inteligente, carinhoso, preocupado e cuidadoso comigo. Um presente de Deus que demorei a enxergar. Mas que a cada dia que passa vejo que tinha que ser com ele minha vida. Ele é a tampa da minha panela. Total.

Já morávamos junto quando ele passou num concurso e me pediu em noivado… Bom, o resto vocês já sabem… Casório, Brasília, Nícolas, que é a cara do pai por sinal…

Um excelente Dia dos namorados a todas!!!

E quem nos mandar a foto do casório, conta sua história pra gente… Vou amar saber e publicar ;o*

Bodas de Algodão

segunda-feira, junho 3rd, 2013

thiago e eu

Vocês que tem acompanhado minha vida pelo Instagram… Ãnh!? Como assim? Ainda não nos adicionaram na rede mais legal da internet!?!? Rs. Pra vcs terem uma noção de como sou viciada, tenho dois! Hahaha. Um é da empresa, só com noivinhas lindas, novidades e muuuuitas peças legais para as inspirarem. E outro só com o Nícolas, ops, com minha vida! hahahaha Vocês são bem-vindas nos dois ;-)

O da D.Cantidio é @dcantidio
E o Meu @dianacantidio

Mas voltando ao que interessa, postei ontem no IG que eu faço hoje Bodas de Algodão. Isso mesmo, dois aninhos de casada :oDDDDDDD

Foi tão boooom. Acordei me lembrando daquele dia, senti até as borboletas na barriga… Rsrsrs

Hoje pode até ter sido um dia normal, de trabalho, pilates, almoço em casa e trabalho de novo, mas estava de outra cor. Estava leve, claro e fofo… como algodão. Que brega!!!! Huahua!!! Mas o pior é que é verdade hehe para mim está especial.

Compramos um vinho e uns queijinhos para comemorar já, já e estou ansiosa pela chegada do marido do trabalho para felicitá-lo pela terceira vez… É muito boa essa sensação.

Esses dois anos, obviamente, não foram só flores, mas foram tão intensos, felizes e passaram tão rápido que parece ter sido ontem essa chuva de pétalas.

Eu te amo, Thiago! Muito obrigada por cada segundo desses dois anos :o*

Como comecei a fazer Tiaras de Noivas…!?

terça-feira, maio 21st, 2013

mamãe, Geninha e eu

Essa é uma pergunta que sempre me fazem… e como recentemente escrevi “a minha história” para uma blogueira noiva muito querida daqui de Brasília, a Rafaella Schlucat do blog Toda Noiva que fez uma linda postagem sobre o assunto, resolvi compartilhar por aqui também… Lá vai:

Às vezes a vida empurra a gente pra frente nos trazendo dificuldade e sofrimento… comigo foi assim.

Sou formada em Desenho Industrial na UFPE desde 2005, mas em 2004 abri uma loja, com uma amiga estilista, na qual toda parte de acessórios era de minha criação e produção. Fazia brincos, colares e pulseiras bem diferentes.

A abertura dessa loja foi engraçada porque durante a faculdade eu alugava um espacinho pequeninho para fazer bijoux. Pagava com minha mesada rsrs. E minha irmã que já era casada, Raquel, tinha vontade de investir um dinheiro em uma franquia de acessórios do Sudeste que estava dando muito certo.

Até que um dia, eu fazendo bijus e mais bijus no meu cantinho “esquecida” ligo para ela e digo:

-Quel, tive uma ideia genial!
E ela: – Qual, Gênio!? Já rindo.
-Você não queria investir numa loja de acessórios? E tem uma irmã que faz acessórios… Então, não quer investir em mim, não? rsrs
Não é que colou!? huahuahua Ela entrou com minha parte na sociedade da loja! Uhuuu! Tinha 22 anos.

Com estas peças cativei várias clientes recifenses e dentre elas, uma médica que era noiva e me pediu para confeccionar sua peça de cabelo para o casamento. Apesar da responsabilidade do desafio (a gente precisa pagar as contas, né? rsrsrs), encarei-o.

Na época, as pessoas faziam muitas roupas em crochê e já havia visto crochê em metal em algumas ocasiões pontuais sendo usado em bolsas, em pulseiras, em bijuterias…. e então tive a vontade de produzir a peça desta noiva com esta técnica, pois pareceria uma renda só que em metal. Ficaria como um arranjo de flores e folhas, só que super delicado, romântico e leve.

Então, essa foi a primeira vez que uma noivinha usou uma peça em crochê com cristais na cabeça em Recife, no Brasil, no Mundo (!!!! :oD ). Esta foi a Janaína Siqueira que se casou em 2006 ;o)

A peça fez tanto sucesso entre os profissionais no ramo e eu fiquei tão feliz com o resultado que passei a produzir outros tipos e modelos de acessórios para cabelos de noiva, em paralelo a produção de acessórios. Mas em 2007, mais ou menos nesta época, minha mãe adoeceu gravemente e descobrimos um tumor cerebral nível de agressividade gravíssimo nela.

Foi um choque pra mim, para minha família. Meu mundo desabou. Sabe o que é acordar e ir dormir com um nó no peito? Uma tristeza infinita com a perspectiva de perder a minha mãe tão rápido misturada com mil preocupações, inclusive, de como iríamos nos sustentar, eu e minha irmã caçula, pois ainda morávamos com ela e a loja ainda não me dava o retorno necessário…

Então tive que tomar uma decisão difícil. Parar de fazer acessórios e perder a clientela que já tinha e focar em uma coisa só: noivas (que ainda não tinha!).

Neste mesmo ano, desfiz a sociedade da loja, e comecei produzir somente acessórios para noiva, sem funcionários, em meu quarto. E comecei a divulgar meu trabalho.

Também foi neste período que meu marido, então namorado, Thiago, como tinha vontade de casar-se comigo e etc. e era sócio de um escritório de design que não tinha muita estabilidade financeira, decidiu estudar arduamente para concurso.

Em 2008, com o falecimento de mamãe, eu tinha conseguido fazer uma pequena poupança e investi o que tinha e o que não tinha (e mais um pouco rsrsrs) indo para São Paulo e arriscando num evento para mostrar ao Brasil o que eu havia criado e fazia com tanto carinho.

Lembro como se fosse hoje o medo que tinha se alguma coisa desse errado. Porque estava tudo apostado ali.

Só sei que o resultado deste evento foi estrondoso. Saíram matérias sobre a D.Cantidio em revistas como Vogue, Manequim Noiva, Figurino Noivas, Criativa Noiva, Programa da Hebe, site Globo.com e mais um monte de veículos que nem eu sabia mais. Chegava em casa e chorava de tanta emoção e alegria misturada a tristeza que a falta de minha mãe fazia e de como eu queria que ela estivesse vendo tudo aquilo.

Antes de participar deste evento, tive muito medo porque não via nada parecido ao meu trabalho em revistas de noivas ou blogs de casamento e me perguntava se era porque não gostavam de peças diferentes ou se era porque não conheciam o que eu fazia! :o/ Mas ao mesmo tempo eu tinha uma luzinha dentro de mim que acreditava muito que daria certo. Porque além de gostar muito de criar, eu sempre prezei muito minhas clientes/noivas. Eu sabia que era o caminho, mas sempre dá uma meeeedo. rsrsrs

Thiago, que passou dois anos e meio estudando 48 horas por semana, sem direito a feriado, após vááááários concursos, conseguiu passar no que ele queria e nos mudamos para Brasília em meados de 2010. Isso, após ter vendido o carro para podermos pagar as contas, pois nessa época já morávamos junto.

Hoje, contamos com duas lojas (Recife e Brasília) e estamos montando a terceira em São Paulo, no Jardins. Possuímos quatro representantes (Belo Horizonte, Vitória, Fortaleza e Arapongas) e estamos com outras na agulha (quem se interessar, basta nos enviar um e.mail ;o), mas continuamos viajando mensalmente a São Paulo para atendimentos personalizados e esporadicamente ao Rio de Janeiro ATUALIZAÇÃO: Hoje contamos com três lojas (São Paulo, Brasília e Recife) possuímos mais de 12 representantes, continuamos viajando periodicamente ao Rio de Janeiro para atendimentos personalizados e enviamos para todo o Brasil e exterior pelos correios. As noivas de Portugal, inclusive, já receberam minha visita para atendimento em 2010.

Nesse meio tempo, fiz 30 anos, casei-me com o homem que sempre me apoiou e não me deixou desistir mesmo nos momentos mais difíceis (e olha que para quem é designer tem um monte! kkkkk), tenho um filhinho gordinho, cheiroso e lindo e me sinto muito feliz com o que fiz até agora. Me orgulho de minhas conquistas mas continuo cheia de objetivos, de ideias e com muitas novidades na cartola. Vocês não perdem por esperar… :o)

Se vocês quiserem conhecer um pouquinho mais da nossa história entrem no nosso facebook (pela barra lateral daqui do blog mesmo), lá estão muitas das revistas que saímos e ainda um monte de fotos lindas de noivinhas d.cantidio.

Minha irmã é minha sócia até hoje. E é uma das responsáveis por eu ter seguido em frente com meu trabalho, pois desde sempre ela se empolga com minhas criações. Desde meu primeiro anel Kkkkk

Todos nós sabemos que nessa vida nada é fácil e às vezes são os piores acontecimentos que nos empurram para frente e só nos resta agirmos.

Sinto muita saudade de minha mãe e vez por outra me pego pensando em algo que ela disse ou fez e me lembrei recentemente de uma vez, em 2008, ela já doente, na cama, e eu produzindo peças em casa e cheguei para contar-lhe que uma de nossas peças para noivas, as “Orquídeas em trama” iria sair no Anuário de Design de Pernambuco! Aí ela disse: -Minha filha, que bom, já era hora de reconhecerem seu talento…:õ) Na ocasião, pensei, rsrsrs, coisas de mãe (coruja :o)!”

mamãe e eu - 2001

Fotos do Acervo Pessoal
Foto 1: Minha irmã caçula (Eugênia), Mamãe e eu em 2007.
Foto 2: Mamãe e eu em 2001.